sábado, 5 de setembro de 2009

EU AMO BUKOWSK


derrota

ouvindo Bruckner no rádio.
me perguntando porque não estava meio louco
depois do meu último rompimento com minha
última namorada.

me perguntando porque não estou guiando pelas ruas
bêbado
porque não estou no banheiro
na escuridão
na escuridão atroz
ponderando
lacerado por pensamentos incompletos.

suponho
por fim isto
como um homem comum:
conheci muitas mulheres
e em vez de pensar
quem está trepando com ela agora?
eu penso
nesse instante ela está aborrecendo terrivelmente
outro desgraçado.

ouvir Buckner no rádio
parece algo tão pacífico.

muitas mulheres já passaram por aqui.
estou sozinho afinal
sem estar sozinho.

pego um pincel Grumbacher
e limpo minhas unhas com a ponta afiada.

percebo uma tomada na parede.

veja, eu venci.

Charles Bukowski

Nenhum comentário:

Postar um comentário