domingo, 22 de agosto de 2010

25 anos de Literatura


Citando Oscar Wilde: "A literatura antecipa sempre a vida. Não a copia, amolda-a aos seus desígnios."Uma vez que já havia feito com outras áreas de meu interesse, resolvi fazer um post similiar aos 25 anos de música e 25 anos de Oscar, só que com livros. Se naqueles eu usei a Billboard/Oscar como parâmetros, neste optei por pesquisar junto ao Nobel de Literatura. Via de consequência, fui atrás dos vecendores deste famoso prêmio mundial desde o ano do meu nascimento (1985) até hoje (2010);
Eis o resultado!

A título de esclarecimento, o referido prêmio literário é concedido anualmente desde 1901; Sempre atribuído a um autor de qualquer nacionalidade que, de acordo com as palavras do próprio Alfred Nobel - criador deste - tenha produzido, através do campo literário, o mais magnífico trabalho em uma direção ideal. O "trabalho" referido aqui significa, para Nobel, a obra inteira desse escritor, seus principais livros, sua mentalidade, seu estilo e suas filosofias, não distinguindo uma obra em particular.

Abaixo incluí o ganhador do ano, clicando em cada nome cairá numa breve biografia e uma citação famosa deste. Espero que gostem!

1985 - Claude Simon - “To begin with, our perception of the world is deformed, incomplete. Then our memory is selective. Finally, writing transforms.” (Para começar, nossa percepção de mundo é deformada, incompleta. Então, nossa memória é seletiva. Finalmente, escrever transforma. - livre tradução)

1986 - Wole Soyinka - "Demagogia é usar o passado para absolver os responsáveis pelo presente."

1987 - Joseph Brodsky - "Uma pessoa é transformada por aquilo que ela ama, ao ponto,
algumas vezes, de perder totalmente sua identidade."

1988 - Naguib Mahfouz - "Você consegue saber se um homem é inteligente pelas suas respostas. Você consegue saber se um homem é sábio pelas suas perguntas."

1989 - Camilo José Cela - "O mal dos que crêem serem os donos da verdade é que quando precisam demonstrar não acertam nada."

1990 - Octavio Paz - "Os corpos são hieróglifos sensíveis."

1991 - Nadine Gordimer - "A poesia é ao mesmo tempo um esconderijo e um altifalante."

1992 - Derek Walcott - "Se você acha que a educação é cara, tenha a coragem de experimentar a ignorância."

1993 - Toni Morrison - "Se há um livro que você quer ler, mas não foi escrito ainda, então você deve escrevê-lo."

1994 - Kenzaburo Oe - "I too am living as a writer with this polarisation imprinted on me like a deep scar." (Eu também tenho vivido como um escritor com esta polarização impressa em mim, feito uma cicatriz profunda. - tradução livre)

1995 - Seamus Heaney - "I credit poetry for making this space-walk possible."(Dou créditos a poesia por fazer essa caminhada espacial possível.- Livre Tradução)

1996 - Wisława Szymborska - "All imperfection is easier to tolerate if served up in small doses." (Toda a imperfeição é mais fácil de ser tolerada se servida em pquenas doses. - Tradução Livre)

1997 - Dario Fo - "Every artistic expression is either influenced by or adds something to politics." (Toda expressão artística é influenciada ou acrescentada por algo político - Livre tradução)

1998 - José Saramago - "Nossa maior tragédia é não saber o que fazer com a vida."

1999 - Günter Grass - "Cabe ao cidadão não deixar de falar as coisas."

2000 - Gao Xingjian - "Sou artista, moro entre as minhas pinturas. Escrever é um luxo para mim."

2001 - Vidiadhar Naipaul - "Alguém sempre escreve comédias no mais profundo momento de histeria."

2002 - Imre Kertész - "Man, when reduced to nothing, or in other words, a survivor, is not tragic but comic, because he has no fate. On the other hand, he lives with an awareness of tragic fate. This is a paradox." (Homem, quando reduzido a nada, ou em outras palavras, um sobrevivente, não é trágico mas cômico, porque ele não possui sina. Por outro lado, ele vive com uma consciência do destino trágico. Esto é um paradoxo. - Livre tradução)

2003 - John Coetzee - "(...) que com inumeráveis disfarces retrata o envolvimento surpreendente do forasteiro."

2004 - Elfriede Jelinek - "Literatura que continue empregando linguística e modos formais de expressão novos para traçar um panorama da sociedade como um todo enquanto ao mesmo tempo a expõe, rasgando as máscaras de sua face, para mim seria merecedora de um prêmio."

2005 - Harold Pinter - "Uma forma de ver o discurso é como um estratagema constante para cobrir a nudez."

2006 - Orhan Pamuk - "The first thing I learned at school was that some people are idiots; the second thing I learned was that some are even worse." (A primeira coisa que aprendi na escola é que algumas pessoas são idiotas; A segunda coisa que aprendi é que alguns são ainda piores. - Tradução livre)

2007 - Doris Lessing - "Não é a inteligência que escasseia, mas a constância."

2008 - Jean-Marie Gustave Le Clézio - "Nights are long when it's cold and you're waiting for a train." (Noites são longas quando está frio e você esperando pelo trem.- Livre tradução)

2009 - Hertha Müller - "Todos os anos um deles se curvava de dor na terceira estrofe e morria."

2010 - Ainda não saiu um ganhador. Em verdade, o mesmo será escolhido no dia 06/10/2010 e receberá em dezembro do corrente ano. Contudo, há alguns favoritos: o argentino Ernesto Sábato, o espanhol Miguel Delibes e o nicaraguense Ernesto Cardenal.

Boa Leitura!

Nenhum comentário:

Postar um comentário