terça-feira, 7 de setembro de 2010

Nação (Joao Bosco)


Dorival Caymmi falou pra Oxum :
Com Silas tô em boa companhia
O céu abraça a terra
Deságua o rio na Bahia

Jêje,
Minha sede é dos rios
A minha cor é o arco-íris
Minha fome é tanta

Planta,
Flor-irmã da bandeira
A minha sina é verde e amarela
Feito a bananeira

Ouro,cobre o espelho esmeralda
No berço explêndido
A floresta em calda
Manjedoura d´alma

Labarágua,sete queda em chama
Cobra de ferro
Oxum-maré: homem e mulher
Na cama

Jêje
Tuas asas de pomba
Presas nas costas com mel e dendê
Agüentam por um fio

Sofrem
O bafio da fera
O bombardeio de Caramuru
A sanha d´Anhangüera

Jêje
Tua boca do lixo
Escarra o sangue de outra hemoptise
No canal do mangue

O Uirapuru das cinzas chama :
Rebenta a louça!
Oxum-maré dança em teu mar
De lama

Dorival Caymmi falou pra Oxum : ...



Nenhum comentário:

Postar um comentário